21 de janeiro de 2012

Recursos que gostaria de ver no Windows 8

O Windows 8 faz muita propaganda da nova interface Metro, que vem para concorrer com o iPad em tablets. A grande questão é, o Windows desde sempre foi desenvolvido para ser usado em computadores pessoais, é o carro chefe da Microsoft, então ela não pode esquecer da interface antiga. Existem algumas pequenas melhorias que gostaria de ver nela e irei citá-las aqui.

A primeira, é uma coisa muito simples, que foi implementada pela Apple no Leopard anos atrás. É dizer quais aplicativos estão acessando o pendrive, caso não seja possível removê-lo. É um recurso simples, que poupa muito trabalho, quantas vezes já removi o pendrive, correndo risco de corromper arquivos (e algumas vezes isso realmente ocorreu) por não querer fechar programa por programa em busca do que estava usando ele.

Programa Dev Eject
Existem programa como o Dev Eject para fazer isso, mas além de ser mais uma coisa para rodar ele não se integra ao Windows. De qualquer maneira fica a dica.

Correção automática usando o Editor de Texto do Mac OS X
Outra coisa seria um dicionário padrão do Windows, isso existe no Mac OS X e no Linux (nos seus ambientes gráficos...) a bastante tempo. Nem no Windows Live Messenger existe um, seria o mínimo.

Para mim esses são os dois principais, que ainda não sei como não existem. Existem outros que gostaria que existissem, ou que fossem implementados de uma maneira mais simples para o usuário, apesar de serem funções já existentes no Mac OS X Lion.

Uma loja de aplicativos como a existente a muitos anos no Linux (apesar de nem sempre ter esse nome) ou a implementada ano passado no Mac é muito bem vinda. No entanto, conta com alguns inconvenientes na implementação da Apple, já que esta não existem programas Open Source devido a problemas com a licença, que não permite DRM.

Interface da Mac App Store (fonte)
Pode não parecer, mas muitos dos programas que usamos são Open Source, como o VLC (melhor player de vídeo do Mac), muitos players usam partes do ffmpeg, conversores usam o Xvid e x264, o 7zip e suas bibliotecas para descompactação. Os programas que usam a licença GPL não podem ter DRM, já que devem ser distribuídos livremente, até esse foi o motivo da retirada do VLC da loja de aplicativos para o iPhone, uma perda lastimável.

Gerenciador de Aplicativos do Linux Mint
Outro ponto também é que a Apple fica com 30% do valor do software, o que não agrada as desenvolvedoras e faz com que aplicativos relativamente populares no Mac, como os da Adobe não sejam disponibilizados. Logo você acaba encontrando apenas aplicativos nem tão famosos de código fechado, que geralmente tem alguma versão de código aberto melhor, é frustrante.

O que a Microsoft deveria fazer é criar um misto entre a Mac App Store e o sistema de distribuição de pacotes do Linux. Permitir que pequenas desenvolvedoras usem um sistema como a Apple e criar um padrão onde desenvolvedoras poderia utilizar o sistema de atualização de aplicativos da loja. Ou seja, basicamente a desenvolvedora passaria um link onde existiria a última versão do aplicativo e o software da Microsoft verificaria periodicamente o link de todos os programas instalados em busca de atualizações. Isso acabaria com a bagunça de softwares que rodam em segundo plano em busca de atualizações específicas, como o do Java, da Adobe, de impressoras da HP, da própria Apple, do Google e muitos outros que ficam gastando memória a toa todo o tempo.

Função Save a Version (fonte)
Por último, um recurso interessantíssimo do Lion é o de salvar automaticamente arquivos em edição, como dito no site, quem nunca perdeu um arquivo ou alguma mudança e teve que fazer novamente. O recurso de versões, também muito interessante, existe no Office 2010 do Windows (eu acho, já que nunca consegui fazer funcionar direito). Esses recursos salvam automaticamente o arquivo em edição e criam várias cópias, que permitem voltar a uma data e hora em especifico do arquivo, permitindo restaurar alguma parte deletada ou voltar a uma versão melhor do texto.

Esse são alguns recursos que gostaria de ver no Windows 8. Apesar de todos serem recursos do Mac OS X (se bem que aa App Store do Mac está a anos luz do que espero), considero que o Windows tem muito mais recursos que o Mac deveria copiar do que ao contrário, recursos mais importantes. Começando pelo Windows Explorer, me desculpe, mas o Finder... Um simples calendário clicando no relógio...

Editado em 19/02/2012 - Um tempinho atrás, escrevi um artigo sobre jogos no computador, um recurso interessante, seria a integração da Windows Live ao Windows. Claro, ela precisa de uma grande melhora, já que nem jogos da Microsoft são lançados na Marketplace, mas mesmo assim seria uma boa opção.

Nenhum comentário: