3 de fevereiro de 2011

Review Joystick (controle) USB do Xbox 360 para computador

Joystick do Xbox 360 USB
Há pouco tempo escrevi um artigo que comparava, em várias áreas, o Xbox 360 e o PS3, pois pretendia comprar um dos dois. Na sexta encontrei uma ótima promoção do joystick do Xbox 360 que faz parte do programa “Games for Windows” da Microsoft. Como a maioria dos lançamentos de jogos para computador atualmente são “ports” do Xbox 360 (a versão do videogame adaptada sem grandes mudanças para o computador). O joystick é compatível e funciona muito bem com virtualmente todos os jogos de computador dos últimos 4 anos (veja a "pequena" lista aqui).

Gostaria de destacar a loja MegaMamute pelo ótimo tempo de entrega, paguei o boleto na segunda-feira, na terça já apareceu como pago e na quarta de manhã entregaram o joystick em minha casa pelo e-Sedex, muito bem embalado. O preço foi de R$ 70,30 mais o frete, normalmente é aproximadamente o dobro disso, mas tem nota fiscal, veio com a garantia de 2 anos da Microsoft e manual em português.

Os 3 metros de fio
Isso é uma opinião pessoal, mas entre o DualShock (ou Sixaxis) do Playstation e esse joystick, o último é mais confortável, se encaixa melhor nas mãos. Até pode ser visto pelo idade do dualshock, ele é uma adaptação do joystick original do Playstation lançado em 1994. Enquanto o outro é uma evolução do controle do Dreamcast, que por sua vez foi melhorado no Xbox original (tá, não foi uma evolução, mas a Microsoft aprendeu) e aperfeiçoado no 360. O DualShock 1 e 2 pode ser utilizado no computador através de adaptadores de terceiros. Já o Sixaxis e o DualShock 3 precisam de uma gambiarra e usar um cabo USB. Apesar de usar bluetooth para de comunicar com o Playstation 3, não pode ser sincronizado com um computador devido à falta "discovery mode", que não permite que o computador encontre o dispositivo.

É interessante notar que ao contrário de todos os outros joysticks lançados anteriormente, o do Xbox usa um framework chamado Xinput, enquanto os outros usam o DirectInput. O Xinput tem a vantagem de ser mais fácil de programar e, suponho, também usado nos jogos de Xbox, assim surgem "ports" desses jogos que já suportam o controle nativamente. É só plugar e jogar, sem nenhuma frescura de configurar a função de cada botão, eles irão funcionar como no Xbox. Os jogos que testei foram Fifa 2011, Devil May Cry 4, Need for Speed Hot Pursuit, X-Men Origins Wolverine e Just Cause 2.

O dispositivo de segurança
Com o driver oficial da Microsoft o controle também funciona com jogos apenas compatíveis com DirectInput. No entanto, não suporta o Force Feedback (vibração) e os dois gatilhos analógicos atrás viram botões, ou seja, eles param de registrar a intensidade, apenas registram se estão ou não pressionados. Foi desenvolvido um driver para utilizar o joystick do primeiro Xbox no computador, o XBCD. Com o lançamento do 360 ele foi atualizado para fornecer suporte total ao DirectInput. Como é um driver alternativo não tem assinatura digital, assim só funciona nas versões 64 bit através de gambiarras, nas 32 bit sem problemas. Existe também um "complemento" ao driver original que adiciona suporte à vibração quando usado em DirectInput.

Agora indo para o Hardware... Gosto muito de duas marcas de hardware para computador: Logitech e Microsoft. E sem dúvidas a Microsoft pensou em tudo, perto do conector USB existe uma dispositivo de segurança que em caso do fio ser puxado desconecta-se, evitando que o computador ou Xbox caia no chão. O cabo é um show à parte com 3 metros de comprimento chega a incomodar de tão grande.

"Portinha"
Uma coisa interessante é a "portinha" em baixo do joystick que permite conectar acessórios. Como o chatpad, que, infelizmente, não tem drivers para Windows e o headset que funciona muito bem. Ele é detectado como uma placa de som externa e adiciona uma outra caixa de som e microfone ao computador, sendo compatível com qualquer jogo que tenha recursos de conversação. É interessante notar que para isso a Microsoft teve que adicionar uma pequena "placa de som" no joystick, bem simples é verdade, mas encarece o controle. Como usa uma entrada TRS de 2,5 mm é possível que seja compatível com outros headsets, mas não tenho certeza.

Se você gosta de jogar no computador jogos que não são FPS, esse joystick é para você, acabaram as dores de cabeça com configuração. Até desisti - por enquanto - de comprar um videogame. Tirando os novos emuladores que já tem plugins para Xinput, um exemplo é o nullDC (eu era um fã do Dreamcast) que funciona muito bem, inclusive o "Puru Puru Pack" que é responsável pelo Force Feedback. Também é uma opção utilizar os joystick sem fio (bem mais comuns), dai é necessário um receptor que é bem difícil de se encontrar o modelo original no Brasil e os alternativos são bem problemáticos.

Editado em 05/02/2011 para adicionar informações sobre o headset.

2 comentários:

RobsonB disse...

Excelente! Concordo que o controle do x360 é melhor que o do PS3 em pegada. O analógico invertido eu diria que é a prate mais crucial dessa melhora. E o fato de suportar nativamente no PC com Windows sem dores de cabeça e sem maiores gambiarras é outro ponto muito favorável.

Diria que fez uma ótima compra, o melhor joypad da atualidade.

RicardoZ disse...

Para mim o maior diferencial foi a compatibilidade "nativa" com os jogos, coisa que em qualquer outro joystick não existe (ao menos na Wikipedia diz que o único joystick a usar Xinput é esse).