30 de dezembro de 2010

Xbox 360 x PS3, uma visão sem fanatismo

Existem pessoas muito chatas em sites de videogames, os fanboys, estas pessoas defendem cegamente algum videogame (acho que as únicas pessoas mais chatas são os fanboys da Apple...). A questão é que surgem comparações entre os dois videogames e as pessoas simplesmente não usam argumentos para defender seu ponto de vista, mas sim o simples "é melhor porque é melhor!".

Não quero comparar as franquias de jogos, pois isso é algo pessoal, um exemplo (podem jogar pedras...) entre Gran Turismo 5 e Forza 3, prefiro o Forza, fui fã de Gran Turismo até o 4, mas o jogo do Xbox, apesar de ter um pouco mais de 300 carros contra os mais de 1000 de GT5, trás uma sensação de velocidade maior, é mais divertido, ao contrário do jogo da Polyphony que é muito travado. No mais os dois contam com ótimos jogos exclusivos, como Uncharted (dizem que é fantástico), KillZone, Metal Gear, God of War, Little Big Planet, Resistance e provavelmente mais que não me lembro. A Microsoft também conta com ótimos jogos como toda a série Halo, a fantástica trilogia Fable, Gears of War, Blue Dragon, Banjo-Kazooie, Too Human, Alan Wake...

Uma decisão da Sony foi colocar um leitor de Blu-ray no Playstation 3, tem-se que atentar ao que ocorria no momento. O Blu-ray competia na época contra o HD-DVD, a Sony é uma das principais empresas responsáveis pelo desenvolvimento da tecnologia, assim como já foi com o CD, Betamax (que foi derrotado pelo VHS da JVC) e do DVD. Era crucial para a empresa que o Blu-ray fosse o padrão de distribuição de filmes em alta definição. Qual forma melhor do que colocar um player na casa de todos que comprassem o próximo videogame dela?

A questão é que na época um player Blu-ray era muito caro de se fabricar, se a Sony repassasse esse custo para os consumidores o videogame seria um fracasso, então a Sony teve que subsidiar a venda do console para mantê-lo competitivo no mercado. Foi lançado custando 499 dólares, o Xbox lançado um ano antes custava 399 dólares (a versão sem HD custava 299). Essa estratégia acabou dando certo, dois anos depois o HD-DVD foi descontinuado pela Toshiba.

Protótipo do PS3
A questão é que mesmo com o prejuízo, os previsíveis ganhos futuros da Sony com os jogos pagariam a conta. Para a Microsoft a estratégia de utilizar uma mídia antiga não era apenas redução de custo, a Sony teve problemas com a produção devido à falta de peças para o drive Blu-ray, o que atrasou o lançamento na Europa, o Xbox foi lançado um ano antes e a Microsoft para ter alguma chance precisava vender o máximo possível para ter uma grande base instalada no lançamento do PS3 (então problemas de falta de Xbox no mercado não seriam nada bons). Até agora as duas estratégias vêm dando certo.

A capacidade de um disco Blu-ray dual-layer esta em aproximadamente 46 GBs, de um DVD dual-layer próximo de 8 GBs, um pouco menos no Xbox devido as proteções antipirataria, então muitos jogos do Xbox vêm em mais de 1 DVD. Além da capacidade também se tem que atentar a velocidade, o drive Blu-ray do PS3 tem velocidade de 2x o que dá 9 MB/s, enquanto o Xbox tem um drive de DVD com 12x o que da 15,85 MB/s, um pouco mais de 50% mais rápido (repare que a medida em x (vezes) é diferente entre DVD e Blu-ray), devido a isto que muitos jogos do PS3 têm instalação obrigatória no HD.


A Sony tinha uma visão romântica sobre o PS3, ela queria que o videogame fosse a central multimídia de sua sala, no começo até passou dos limites colocando 3 portas de rede e duas HDMI nos protótipos, coisa que não fazia sentido algum. Depois diminuiu as pretensões e colocou várias coisas úteis, que o console da companhia de Redmond não tinha na época e muitas não tem até hoje:

  • Suporte a SACD, é um disco com mesma densidade do DVD com áudio em altíssima qualidade, no entanto apenas os primeiros PS3 suportam esse formato, primeira mancada da Sony;
  • Suporte a cartões de memória, as primeiras versões do PS3 suportavam os principais formatos de cartões de memória, condizente com a proposta de ser um centro multimídia, bem útil pegar o cartão de sua câmera fotográfica ou filmadora e colocar diretamente no PS3, editar e organizar fotos com o programa da Sony, remover essa entrada foi a segunda mancada da Sony;
  • Other OS, permitia instalar sistemas operacionais da arquitetura PowerPC, ótimo, pois com o Linux dava para usar emuladores, assistir a praticamente qualquer formato de vídeo usando programas otimizados para aproveitar os vários núcleos do Cell. A Sony removeu de todos os Playstations 3 através de uma atualização de firmware, devido a uma possível brecha que permitiria rodar jogos piratas, terceira mancada da Sony;
  • Um browser para acessar sites da internet, apesar de limitado é útil as vezes, coisa que o Xbox não tem (e olha que a Microsoft é uma empresa de software);
  • Suporte a rede sem fio, coisa extremamente útil, atualmente o Xbox suporta o padrão N (antes do modelo Slim era necessário um adaptador vendido à parte) e o PS3 sempre suportou o g;
  • Usar praticamente qualquer HD de notebook no PS3 sem complicações, no Xbox é necessário comprar o da Microsoft que é caríssimo, grande vantagem da Sony, não entendo essa necessidade de dificultar o uso de qualquer HD, a Microsoft poderia lançar um DVD para o Xbox que formataria e copiaria os arquivos que já vem com os HDs vendidos por ela.

Chips de memória Flash NAND
Em minha opinião a Sony teve sérios problemas de comando durante o desenvolvimento do Playstation 3, é compreensível que quisessem desenvolver o melhor videogame possível, mas colocaram funções demais e no final, com o lançamento do Xbox um ano antes, tiveram que lançar o videogame do jeito que estava. Com o tempo, para reduzir custos, começaram a cortar funções. Além das já citadas, um exemplo disso é que os primeiros PS3 tinham 256 MBs de memória Flash NAND para armazenar o firmware, posteriormente esse total foi diminuído para 16 MBs e a maioria do firmware começou a ser armazenada no HD, logo o custo dos 256 MBs dos primeiros modelos foi inútil, já que não era necessário. Como nem todos os modelos de Xbox tem HD a Microsoft não se pode dar ao luxo de instalar parte do firmware do HD, apenas coisas não muito importantes como o emulador e perfis de jogos do Xbox original. Outro exemplo do lançamento apressado é que apenas mais de um ano depois do lançamento ele passou a poder entrar no menu durante o jogo, coisa que o Xbox fazia há anos.

3 reds lights
Mas nem só a Sony sofria com problemas do lançamento apressado, a Microsoft tinha um problema muito mais sério que todos os do concorrente, as primeiras revisões do Xbox tinham um sistema de refrigeração subdimensionado assim com o passar do tempo a solda entre a GPU e a placa mãe descolava e o videogame parava de funcionar, ocorrendo as famosas 3 reds lights. A Microsoft aumentou a garantia para 3 anos para problemas relacionados a 3 reds lights, mas muitos brasileiros perderam seus videogames, já que eram modificados, então a garantia não cobria, além do custo de envio para os EUA. Nas revisões seguintes o problema foi minimizado, as versões Slim contam com uma proteção que desliga o videogame quando ele superaquece.

Porta HDMI
Em contraste a inexperiência em hardware, a experiência da Microsoft com programas também ajudou muito no SDK do Xbox que tornou padrão várias coisas. Como a opção de tocar, se o usuário quiser, alguma música salva no Xbox no lugar da padrão durante qualquer jogo, coisa que no PS3 depende do desenvolvedor do jogo. Mas também a inexperiência causa coisas estranhas no Xbox, como a ausência de uma porta HDMI nos primeiros modelos, mas logo foram adicionadas.

Uma coisa que falta para o PS3, isso é muito importante, é um Scaler que permitiria o PS3 enviar imagem à televisão com a resolução nativa, isto é, renderize o jogo em uma resolução qualquer e converta essa resolução para a nativa do monitor antes de enviar. Isto no Xbox permite você escolher praticamente qualquer resolução nas opções e ele irá sempre enviar vídeo nessa resolução. No PS3 você escolhe as resoluções que o PS3 pode enviar (576i, 576p, 720p, 1080i e 1080p, não permite resoluções exóticas como 1440x900 ou 1680 x 1050), se você não selecionar nenhuma ele irá enviar 480p, então cada jogo ele envia uma resolução diferente, isso é uma tremenda desvantagem já que monitores LCD exibem com qualidade muito menor uma resolução não nativa. Outra desvantagem é com TVs antigas que apenas suportam 1080i e não 720p, em um jogo que não suporta 1080i essas TVs irão ter que rodar em 480p, uma resolução bem menor. Não sei o motivo do PS3 não fazer o mesmo do Xbox, mesmo que seja redução de custos, a Sony gastou tanto em outras coisas que não faria sentido economizar nisso.

CPU Emotion Engine do PS2
Muitas coisas podem encontrar respostas na redução de custo, outra não, como, por exemplo, a falta de compatibilidade com jogos de Playstation 2 (já que poderia ser feito por emulação). Nos primeiros modelos do videogame da companhia japonesa a compatibilidade era devido ao hardware do PS2 incluso, posteriormente foi retirado a CPU Emotion Engine que passou a ser emulada via software (logo surgiram alguns problemas com jogos específicos), depois a retrocompatibilidade foi totalmente removida. O primeiro Xbox, até por ter sido lançado depois, é mais poderoso que o PS2 e mesmo assim existe retrocompatibilidade (o único requisito é que o Xbox 360 tenha HD) com a maioria dos jogos, nisso se demonstra a superioridade da Microsoft em relação a Sony em relação ao software, já que fazer um emulador é extremamente difícil, porém só existe o custo do desenvolvimento do software.

Símbolo do Games for Windows
Além disso, como a Microsoft também produz o Windows, ela criou uma plataforma de jogos para computador, o Games for Windows, adivinhem qual Joystick é o oficial para essa plataforma... Sim o do Xbox 360, com e sem fio (via um adaptador Wireless USB), existe um driver não oficial que permite usar o Chatpad no Windows também, já a Sony não libera drivers para utilizar o joystick do PS3 no PC, infelizmente, pois seria muito legal e como a quantidade de botões é igual a do 360, poderia ser utilizado na maioria dos jogos.

Xbox Live Vision
Outros acessórios do Xbox podem ser utilizados no PC, como o, agora inútil, drive externo de HD-DVD, que possui um driver para Windows e também para o Mac OS X 10.5 em diante. A webcam, que tem compatibilidade com Windows, Mac OS X e, ironicamente, com o PS3.

A Live do Xbox 360 é paga para jogar online, já a PSN não, no entanto tem uma versão Plus que é paga. É complicado comparar as duas redes online, já que falam que a do Xbox é melhor (não gosto de jogar online), permite chats entre jogadores em jogos diferentes. Só que você já paga caro nos jogos e ainda tem que pagar uma mensalidade para jogar esse jogo na internet. A versão paga da PSN distribui alguns jogos grátis todo mês e enquanto manter a assinatura eles são seus. Além de algumas funções que estarão disponíveis apenas nela como manter os salves nos servidores da Sony (assim você pode acessá-los de qualquer PS3), que deve sair na próxima versão do firmware.

Uma coisa que deve ser levantada é o respeito com o mercado brasileiro, nisso o Xbox não tem comparação. Foi lançado no dia 1 de dezembro de 2006 custando 2999,00 reais com dois jogos e cabo HDMI, atualmente o modelo Slim com 4 GBs custa 1299,00 reais e o com 250 GBs 1899,00 reais, alguns jogos como Halo 3, ODST, Reach, Viva Piñata são dublados em português do brasil, a Live (para jogar online) tem uma versão para o Brasil, o Kinect é vendido a 599,00 reais. Do outro lado... A Sony só lançou o PS3 oficialmente esse ano e aumentou o preço, em um acordo com as lojas, de aproximadamente 1300,00 reais dos importadores para 1999,00 reais (o Xbox Slim de 250 GBs é vendido por 299 dólares, o mesmo preço do PS3), a maioria dos jogos europeus é legendado e alguns dublados em português de Portugal (até agora nenhum em PT-BR), a PSN (concorrente da Live) não existe ainda no Brasil. O Move é vendido a 799,00 reais e custa 99 dólares, enquanto o Kinect a 599,00 e custa nos EUA 150,00 dólares.

Playstation Move
Agora entrando nos novo acessórios Kinect e Move... O move é um Wii com gráficos melhores e com o Wii MotionPlus, nenhuma novidade relevante, no entanto deve ser muito mais preciso e funcional do que o Kinect, já que demanda tecnologia bem conhecida e os desenvolvedores já tem experiência devido ao Wii. Enquanto o Kinect é um tecnologia totalmente nova, (agora uma teoria) das 3 grandes fabricantes de videogames, apenas a Microsoft teria know how e dinheiro para desenvolver toda tecnologia necessária, já que é uma área nova e nunca bem usada antes, é sabido que reconhecimento de voz e facial, além do reconhecimento do corpo, são tecnologia que nunca funcionaram direito. Querendo ou não, desde 1989 com o lançamento da Power Glove já existia tecnologia necessária para desenvolver o Wii e o Move, talvez não com toda a precisão, mas existiam.

Kinect
O líder da equipe que desenvolveu o Kinect é um brasileiro, Alex Kipman (aqui um pouco sobre a vida dele), até o codinome do projeto "Natal" era em homenagem a cidade brasileira de Natal. Também existe um ótimo artigo escrito por outro brasileiro que explica o seu funcionamento. O Kinect teve os drivers e bibliotecas liberados pela companhia israelense PrimeSense e agora pode ser utilizado no computador, ainda não tem nenhum utilidade, mas nos próximos meses devem sair alguns jogos de desenvolvedores independentes. A questão é, o Kinect ainda não foi explorado e tem um certo delay na maioria dos jogos, enquanto o Move já é uma tecnologia conhecia e se conhece bem como são seus jogos.

Blu-ray Player da Samsung
Jogos são não tudo nessa geração, e isso fica obvio com o Playstation 3 que suporta o Blu-ray, o padrão de compartilhamento DLNA e diversos formatos de arquivos. No Xbox 360 não tenho certeza do suporte ao padrão DLNA, mas dispõe de uma versão do Windows Media Center e suporte a mais ou menos os mesmo formatos do PS3. A reprodução de músicas contidas no Windows Media Player 11 (ou 12) pode ser feita muito facilmente no Xbox. A questão é que o PS3 deixou de querer ser um central multimídia e passou a querer ser um videogame apenas. Para mim isso é um erro, a Sony poderia lançar uma versão Premium, não algo como o PSX, mas sim um com compatibilidade total com PS2, leitor de cartão de memória, mais portas USB, Wi-fi padrão N (mais rápido, para permitir Streaming do PC em alta definição), controle remoto para Blu-ray, suporte a SACD, HD maior do que os vendidos atualmente e poderiam cobrar até uns 500,00 dólares, com certeza não venderia tanto quanto o modelo mais simples, mas seria uma ótima opção no lugar dos Blu-ray players comuns.

Não existe o melhor, é uma questão pessoal, no Brasil o Xbox sai na frente, pois é muito mais fácil encontrar amigos com ele, assim emprestar jogos e conseguir mais joysticks para uma partida em grupo é mais fácil, além do respeito da Microsoft com o mercado brasileiro. O PS3 é uma opção melhor em outros países, já que tem o mesmo preço da versão mais cara do Xbox e tem o player Blu-ray e a PSN e grátis. Também não se pode esquecer do Move e do Kinect, qual estilo de jogo você prefere?

Gostaria de propor uma reflexão, o que seria hoje em dia se a Microsoft e a Sony invertessem de papel, o Playstation 3 fosse lançado com o hardware do Xbox 360 um ano antes, e o Xbox com o hardware do PS3 um ano mais tarde. O que seria do mercado? Para mim a Sony só não perdeu muito feio essa geração devido ao nome Playstation, se ocorresse o que falei provavelmente se repetiria o ocorrido com o Xbox original.

Editado em 02/01/2011: Uma coisa que esqueci de comentar é que o PS3 é o melhor player Blu-ray de todos, existe um problema com os players mais antigos que não tem atualizações de firmware. Eles não reproduzem muitos dos novos lançamentos, além da falta de suporte à filmes 3D. O Playstation 3 sempre é atualizado e mesmo tendo sido uns dos primeiros do mercado tem suporte ao 3D, coisa que nenhum player da sua época tem.

Agora uma adição devido ao comentário do RobsonB, realmente esqueci do suporte a 3D (pior que mandei o artigo para Fanboys dos dois para evitar isso). O PS3 suporta jogos e filmes em 3D, coisa que o Xbox não faz, realmente é uma vantagem, ainda mais para quem comprou faz tempo, agora tem um player Blu-ray 3D, os outros são bem caros. No entanto, com a tecnologia atual que necessita de óculos, duvido que o 3D se popularize, ao menos por enquanto é um recurso desenvolvido para vender TVs 3D.

42 comentários:

Luiz Felipe disse...

Concordo plenamente com vc.
Só que acho que o Xbox 360 um pouco melhor, pelo fator do kinect e pelo fator de maioria das coisas boas do 360 o PS3 copiou, para mim a Sony só sabe copiar a ideia dos outros ñ conseguem criar coisas boas para eles mesmos (na meu ponto de vista)

RicardoZ disse...

Nisso tenho que concordar com vc... A Sony copiou descaradamente as conquistas do Xbox... e agora o Wii...

E o Kinect ainda temos que ver o potencial...

Anônimo disse...

é dificil achar alguem que seja imparcial, bela analize!

RobsonB disse...

Pendeu um pouco pros caixistas, pois não soube ver os avanços no console da Sony. Bom, inicialmente o PS3 com o cabo AV comum só transmite em 480i (e não 480P). Do mais, você está certo, mas há um tocante, ele é um console, e como tal ele não foi projetado para ser usado em monitores de PC com adaptador (embora eu mesmo faça isso), e sim em HDTVs (que possuem resolução fixada). Seria inútil incluir um formato como o 1440x800, por exemplo, se não existe uma HDTV pura (tv mesmo) que funcione nessa resolução.
.
Tanto o Kinect quanto o Move são coisas que ainda não são tão relevantes. Eu jogo quando estou cansado, conheço uma dezena de amigos que vivem o mesmo dilema e certamente não querem ficar pulando ou mexendo os braços pra jogar. O Move, entretanto, é dito mais sensível que o controle de movimento do Wii.
.
Atualmente, em andamento, temos o Killzone 3 em PT-BR. É um exclusivo que certamente deve atrair atenções.
.
O item mais determinante que marca o que se espera do console da Sony em 2011 e que faltou no texto é o 3D. Ele vai começar a aparecer em BluRays (que rodam, óbvio, muito bem no PS3) de filmes da Sony Pictures, por meio de suas subsidiárias como a Columbia, MGM e afins... as novas tvs 3D já estão batendo de preço com o que a 6 meses atrás eram as FullHD, isso em modelos LED. Os jogos do PS3 devem começar a vir nesse mesmo formato, vide o já lançado GT5.
.
Embora o suporte seja capenga, o fato de poder jogar online de graça em um país que até a banda larga é uma facada já é uma ajuda e tanto. Irônicamente, de 10 amigos, apenas 1 tem Wii e 3 tem x360. o x360 só tem mercado nesse contexto em virtude dos jogos piratas (e daí o offline, do contrário é ban-wave).
.
Particularmente não me afetou tanto (e a nenhum dos meus amigos) o quesito de compatibilidade com o PS2 pelo mesmo motivo, jogos piratas. Quem tem um PS2 bloqueado e jogos originais (ou os está comprando agora) é que teria interesse na retrocompatibilidade. A Sony, entretanto, tem um trunfo que tem sido pouco explorado, por meio de collections refeitas em HD. Saiu God of War e deve vir uma que eu aguardo muito (esta em 3D, por sinal) que traz aquele que é tido como o jogo mais bonito do PS2, Shadow of the Colossus.

RicardoZ disse...

Uma coisa que me irrita é a Sony ir, aos poucos, tirando recursos do PS3, por citar todos os recursos removidos, e falar de como a Sony ta pouco se importa com o mercado brasileiro (vide o preço do move...) a análise pendeu para o Xbox... e ainda duvido do lançamento do lançamento dublado de Killzone 3...

Como assim usar em monitores de PC com adaptador? hdmi para DVI? existem TVs mais antigas de plasma que tem resoluções exóticas, existem tvs (da própria Sony) antigas de tubo que fazem 1080i (tem 540 linhas) com hdmi.

Eu não entendi essa parte "HDTVs (que possuem resolução fixada)", uma das críticas foi nesse quesito, a TV tem resolução fixa e o PS3 fica alterando a resolução, além do mais, se vc mandar 720p para uma tv 1080p, vc acha que a televisão vai ter um upscaling melhor que do o ps3 poderia fazer? LCD é extremamente chato quando se manda resolução errada...

Sobre o Kinect e o Move é muito chato jogar sozinho, é legal chamar alguns amigos e jogar em grupo... o Move talvez seja mais preciso que o Wii, mas isso também se deve ao processador do PS3 que é mais de uma dezena de vezes mais rápido que o do Wii...

Bruno disse...

bom, sou meio suspeito pra comentar, já que sou um tanto sonysta...

é o q eu disse pra vc no msn: xbox só n me convence pq a maior parte dos seus sucessos são shooters (fps ou não...) o q n me agrada mto... se ao menos a SE tivesse mais jogos multiplataformas...

PS3 me agrada mais pelas continuações de suas séries exclusivas (GOW 3, principalmente...)

RobsonB disse...

O Move, ao que sei, não é melhor pelo cell ou outra parte do console, em si, mas pelos sensores que tem e pelo uso combinado com a câmera.
.
Não existem televisões recentes em HD que tenham formatos exóticos. Dá pra dizer que 100% dos aparelhos novos se resumem em 720 ou 1080. O que vem fora disso são monitores com entrada HDMI/componente.
.
O problema no upscaling do console é reprocessar toda a informação, dado que o console da Sony tem um calcanhar bem proeminente, a quantidade de memória.
.
Concordo que a Sony brasileira é uma piada. Mas não se pode avaliar o produto (console) com o fabricante. Acho que houve uma mistura aí.
.
Sobre usar o controle do PS3 no PC, particularmente eu prefiro o controle do xbox. O analógico invertido, os gatilhos mais pra fora e a pegada são melhores que no já obsoleto formato do controle da Sony.
.
Acho que, embora irrite algumas pessoas, boa parte dos recursos no fim acabam sendo desnecessários pra quem for usar o PS3 normalmente (vide jogos de PS3, filmes, música e ver fotos via USB). É necessário o OtherOS pra isso? Você sente necessidade de rodar via hardware jogos de PS2 pra isso a ponto de se dispôr a pagar mais por isso? Chutando extratosféricamente, 10% dos usuário sentiriam falta desse tipo de coisa, qual a escolha sensata a fazer?! Oras, remover, quem quer isso que compre um PS3 usado (se não tem um) dos FAT com tudo isso, que ainda rodam, ao contrário dos primeiros x360. O x360 tem um outro problema além do 3RL, o modelo slim não pode ser movido enquanto ligado (de horizontal pra vertical ou o oposto), do contrário ele risca o disco... ao menos, até onde sei, um problema persistente.
.
Não é queimar o filme do x360, o console é ótimo, dizer que A ou B é "superior" nessa geração é quase uma piada, afinal, no fim, o que importa são os jogos exclusivos de cada um que atraem (ou não) o jogador. Estive um tempo com o 360, tenho hoje um PS3 e posso garantir que qualquer um deles me satisfaria plenamente, de modo que o ideal seria ter os dois, mas tanto a Sony quanto a MS simplesmente CRAVAM a faca no Brasil... não precisa ser bom de matemática pra saber que ambas tão afundando o preço, com um peso um pouco maior no lado da Sony (de uns 15% a mais que a MS na proporção).
.
Me chateia, da Sony, apenas o fato de não termos ainda uma PSStore brasileira, de verdade. Me irrita mais ainda o fato de ter dificulade em ter um acesso a Internet de gente. E claro, decepciona o fato de que os jogos prensados no Brasil pela Sony terem qualidade inferior ao importado (embora meus jogos sejam todos americanos e, apesar disso, meu GT5 ter o PT-PT)...

RobsonB disse...

Só pra constar, rodo meus jogos em um monitor LG M228WA de 22", via componente da Sony em 720P/1080i e não morro em virtude do formato de tela. O que mais senti falta no PS3 em relação ao x360 foi o cabo. No x360 o componente veio junto ao console, enquanto que no da Sony tive de comprar separadamente por 70 reais, uma facada pra quem já gastou no console...

RicardoZ disse...

Nossa, obrigado pelo grande comentário :)

então, o único sensor a mais que o Move tem em relação ao Wii com o controle MotionPlus é a camera, e sim, é o Cell que possibilita seu uso, já que o processador do Wii é muito pior que ele, e como vc sabe processar imagens exige muito processamento, o processador do Wii tem um core e 729MHz, enquanto o do Xbox 360 (só para não misturar com a arquitetura do Cell que é bem diferente...) tem 3 a 3.2 GHz, isso da umas 12x mais velocidade? Se o Wii também tivesse a camera, o processador dele não daria conta, os gráficos seriam muito sacrificados...

Ano passado encontrei algumas plamas com resoluções bem estranhas, a da Sony de tubo wide era vendida até uns 3 anos atrás, ok são exceções, mas o Xbox se daria bem em todos os casos, já o PS3...

"O que vem fora disso são monitores com entrada HDMI/componente.", sim, mas se as pessoas jogam nesses monitores por que não levar em consideração isso? Vários amigos meus jogam, em resoluções tipo 1680x1050 ou 1440x900, lembro do PS3 ligado via HDMI num monitor de 22 com resolução de 1680x1050, o upscaling do monitor era péssimo, o Xbox no mesmo monitor ficava muito melhor.

E sobre a memória... O Xbox tem um chip só para fazer o scaling, coisa que não aumentaria muito o custo...

Por que não avaliar a Sony e seu console? Até meados do ano passado a Sony não oferecia assistência para o seu videogame no Brasil. A PS Store no Brasil é ridicula, a Microsoft ao menos começou a tentar...

Sim é necessário o OtherOS para isso! Com linux e codecs otimizados vc fazia milagres usando ele, virava quase um htpc, rodava praticamente qualquer formato de vídeo, tirando as legendas, poder passar arquivos via rede para ele, os emuladores...

Sobre os jogos de PS2, por que precisa ser por hardware? Queria que rodasse, não importa como. É muito legal vc poder pegar um jogo antigo e jogar no seu videogame e o PS2 tem ótimos jogos, se fosse por hardware, sim eu pagaria a mais se a diferença não fosse grande. Ficar garimpando um console usado que gasta mais que o dobro de energia que o novo é complicado... Por que deixar dois videogames se vc pode ter apenas um na sala?)

O que me irrita é a Sony lançar algo e com o tempo ir tirando funções!

Os primeiros Xbox não vinham com o cabo componente...

RobsonB disse...

RicardoZ, tu coloca sem fanatismo no título, mas tá berrando em algumas coisas que não tem o menor sentido hipervalorizando o 360...

O Move é bacana, mas não é o ponto mais forte para o console da Sony em 2011, por mais destaque que tenha... o que a Sony tá investindo pesadamente é o 3D que tu nem citou e que o x360/Wii ainda nem sabe do que se trata. Citar que o Kinect é inovador é fácil, até porque ele realmente o é, enquanto que, como tu mesmo disse, o Move segue o mesmo preceito do Wii, do mesmo modo que os acelerômetros estão no imaculado telefone da Apple (estranho, não vi ninguém jogando pedra na Apple por isso)...

O x360 roda Linux? Então em que o console da Sony é pior por ter retirado uma função que quase ninguém normalmente usa? Pode ser lindo e maravilhoso pros poucos que _efetivamente_ usam, mas pra maioria não iria passar de uma brincadeira momentânea, pra ver como é e tchau. As pessoas querem jogar, conheço amigos com o PS3 que não usam sequer o recurso de filmes DVX e MP3 de seus consoles, quando muito usam o BluRay, QUANDO eles usariam Linux no PS3? Faz diferença pra eles? Como citei, chutando BEM alto, 10% sente falta do recurso, SE 10% sentir......

Formatos exóticos não competem com o PS3 por um motivo... seus jogos (e está escrito na caixa de cada um deles) rodam OU em 720P OU em 1080P... o console poderia fazer upscaling? Poderia... quantas TVs de hoje (e não 3 anos atrás, de tubo wide ou plasma) são vendidas fora desses formatos? Tenho um amigo que até bem pouco tempo atrás jogava numa TV de 29" de tubo, ele trocou no ano passado de TV por uma led 1080p de 120hz... e não é um cara que esbanja grana, comprou a tv mais acessível que achou do tamanho que ele queria (40")... se for em qualquer loja e pedir "HDTV", aposto que 100% delas estarão entre esses dois formatos. Por fim, não por defender o console da Sony, mas por achar absurdo citar isso como algo tão negativo no PS3, é mais que sabido que, mesmo que os jogos não sejam todos FullHD, o 1080P é o formato "padrão" para o PS3. Qualquer um que compre um PS3 sabe disso. Eu, mesmo rodando 1080i em um monitor que tem 1680x1050 de resolução fixa, não vejo essa imagem tão apodrecida que tu cita, mas reconheço que melhorou (e muito) a qualidade da imagem quando mudei o cabo de um componente comum para o componente da Sony (com pontas de ouro, cobre OFC e todas aquelas descrições pra justificar o preço). Não é efeito placebo, dá pra ver a diferença no contraste, com o cabo comum tudo que tinha alto contraste gerava fantasma, as cores ficavam com um aspecto mais opaco, sofria interferência no sinal... com o cabo da Sony isso é passado pra mim, as cores estão mais brilhantes, pode colocar preto com branco alternado em filetes (como no logo do GTA4) que não gera fantasmas na imagem, o aspecto ficou melhor, mais nítido. E é por isso que citei como desvantagem o fato de não vir no console esse cabo! O x360 que usei tinha ele embutido, as imagens eram incríveis... eu só consegui essa qualidade de imagem no PS3, no mesmo monitor, quando troquei de cabo. Talvez, apenas talvez, o fato curioso que está dando esse atrito entre nós no caso da resolução é que você está usando HDMI direto no monitor, enquanto que eu estou usando o video componente, certamente deve haver uma margem de diferença no processamento dos monitores (diferenças entre eles)... meu LG tem suporte a TV, recursos de melhoria de imagem digital (reprocessa o sinal recebido)...

RobsonB disse...

Quer avaliar a Sony, ótimo, tanto a Sony quanto a Microsoft vendem seus consoles travados com preços acima do que se encontra em lojas especializadas, mesmo aqui no interior do RS onde o preço bate nas alturas, dá pra achar tanto o x360 pelado quanto o PS3 Slim por menos que o ofertado no site de seus respectivos fabricantes! (o que em teoria seria impossível...). A PS Store do Brasil não é ridícula, ela simplesmente não existe. Não confunda a PSN com a PS Store, não sei a que pé (ou se existe) uma loja virtual brasileira da Microsoft para download de jogos e afins, o que sei é que temos a Live (paga) brasileira competindo com a PSN (que está disponível a qualquer um com Internet banda Larga ligada no PS3).

Dos jogos do PS1/PS2, parte da culpa é mesmo da Sony, parte da culpa é dos desenvolvedores (alguns) que não seguem o padrão de programação da Sony, fazendo com que os jogos rodem muito bem somente no console ao qual foi projetado. Claro, falta perícia da Sony em contornar isso por meio de uma emulação. Mas em especial aqui no Brasil (e em todo o mundo acontece, óbvio), quem tem jogos originais de PS1 e PS2? É bem provável que também tenha o console (que podem ser adquiridos usados, destravados, com pencas de jogos por 100 e 250 reais, respectivamente, procurando bem)...

É chato procurar um console... é... mas se faz tanta questão, é uma alternativa viável. Eu tenho o PS1 e PS2, além do PS3. Se tenho que ter espaço pra isso... bom, os retiro da caixa quando vou jogar, pra não deixar pegando poeira.
Se gastam mais que o dobro de energia que o atual???? Como assim??? O PS3 teria que gastar 8,5w para que o PS1 gastasse o dobro de energia dele (17W no fat que tenho)... se sua preocupação é o consumo de luz, o PS3 é o mais gastão de luz de todos os consoles (com o 360 próximo a ele nesse quesito também).

A Sony tira funções que a maioria dos seus usuários simplesmente não usa. Isso é quase democrático, a maioria não quer pagar por algo que não vai usar só porque uma minoria desejaria manter.........

RicardoZ disse...

Robson a questão é que escrevi os artigo sobre meu posto de vista, um exemplo é que nem citei direito a PSN e a Live, pois não gosto de jogar online, já o 3D concordo com vc que poderia ter citado, mas é uma tecnologia que eu não gosto, já assisti diversos filmes no cinema em 3d (infelizmente não Avatar) e não gostei de nenhum, na minha opinião é uma tecnologia passageira que não vai pegar. Uma pesquisa recente mostra que o desejo de comprar televisões 3d era inversamente proporcional ao numero de cinemas 3d do lugar, nos EUA o número de entrevistados que queria comprar uma televisão 3d era bem pequeno, por volta de 10%, aqui no Brasil mais de 60%, infelizmente não achei essa pesquisa =/

Não concordo que o destaque do PS3 nesse ano seja o 3D. Agora uma pergunta, quantas pessoas vc conhece que tem uma televisão 3D ou vão comprar nesse ano, agora quantas pessoas jogam em monitores? Te garanto que aqui jogar em monitores é muito maior, então por isso acho importante jogar a resolução certa no monitor. Mas isso depende muito do monitor! No meu antigão da LG fica péssssimo colocar uma resolução diferente da nativa, muito ruim mesmo, já num Samsung bem recente de um colega fica até que bom, tudo é relativo, não adianta se basear apenas no seu caso. Por que o 3D seria mais relevante que isso se na realidade brasileira usar monitores para jogar é muito mais comum que televisões 3D!?!?!?

"o 1080P é o formato "padrão" para o PS3", não é! Muitos jogos rodam em 720p! E os jogos de Xbox tbm tem isso escrito na caixa... Sim, Componente é analogico, então é provavel essa mudança, não é como HDMI que funciona ou não na resolução que vc quer.

"o que em teoria seria impossível...", por que? Vc quis dizer que esses consoles são contrabandeados? É possível sim, se achava PS3 por 1200 reais em lojas grandes como Americanas, Saraiva... o que acontece é os importadores tinham margens pequenas, importavam como players bluray (foi o que disse um representante da Sony justificando o preço de 1999) e não tinham o custo de manter assistência técnica...

Realmente eu confundi a PSN com a PS Store... A Live é uma só, comprar jogos e partidas online, no Brasil existe, a loja tem bem menos jogos comparada com a americana (todos os jogos tem que ser avaliados pelo governo...). Desde quando a PSN esta disponivel para qualquer um que tenha banda larga? Está disponível para qualquer um que tenha banda larda e minta o endereço, muitos paises ainda não tem...

No post anterior vc mandou procurar os primeiros PS3 que tem emulação do PS2, só que esses modelos como o Cell e o RSX gravados em 90 nm gastam mais que o dobro do Slim atual em 45 nm (e isso não é culpa do hardware do PS2 que como vc disse gasta 17w). Os primeiros gastam pouco mais de 200W jogando e os atuais pouca coisa a mais que 80W. http://www.edepot.com/playstation3.html#PS3_Power_Supply

A questão do PS3 não é não rodar Linux, mas rodar e a Sony remover isso de todos os vídeogames, mesmo os antigos que constava nas especificações que rodavam! A questão é por que colocar funções e remover depois? Nunca vi um SACD é um formato que não pegou, se bobear menos de 1% usa, mas então por que colocar o suporte? O problema não é não suportar, o problema é remover o suporte com o tempo!

RicardoZ disse...

Escrevi esse artigo, pois estava pesquisando qual videogame comprar, ainda não decidi, nos jogos os dois são equivantes... Pendo para o lado do Xbox por causa dos amigos, tenho muito mais que tem ele, apesar de conhecer bastante gente que tem o PS3 tbm. Já o PS3 seria vantagem por causa do Bluray, melhor que gastar mais uns 400 reais num player depois (aquela da Tectoy que estavam queimando por 200 nem conta...).

Agora o Move, para mim é uma cópia do Wii, não que isso seja ruim, já que é mais preciso que o Kinect. Já o Kinect é mais inovador (desperta a curiosidade, o que já ouvi de pessoas mais velhas que pretenciam comprar >40 anos), mas com a baixa resolução do sensor (a Microsoft ta tentando aumentar para 640x480...) duvido que veremos resultados muito fantásticos.

RobsonB disse...

O Kinect pra mim é proporcional ao 3D no seu ponto de vista. É uma tecnologia nova, que é atraente a quem ainda não viu, mas que como tem algum delay e por ser muito recente, a maioria não vai o usar a sério quando for jogar. Acho que é um empate técnico considerável nesse aspecto.

De ter tv 3D nenhum amigo meu AINDA tem... se considerar o tempo que a tecnologia está disponível no nosso mercado, dá pra dizer que é algo quase pioneiro... o porém é que eu não acredito que no caso dos jogos o 3D seja uma moda. Do mesmo modo que, embora eu não me interesse ainda, o Move não é passageiro.

De usar um monitor como tv, sinceramente dos amigos que conheço, apenas eu uso um. Todos os meus amigos usam HDTVs e, um deles joga num telão.

Tu joga online com a conta na PSN brasileira. A minha conta é brasileira e já joguei online algumas vezes. Meu problema é o meu acesso mesmo. Só não abre a Store para comprar os jogos.

Para mim, sinceramente, acho que o 3D deve sim ser relevante para a Sony, parte por causa dos filmes, e parte por causa dos jogos exclusivos que devem vir nesse formato. Jogar um shooter ou corrida com percepção de distância num ambiente de verdade em 3D deve ser muito mais significativo que só assistir.

Mas vivemos em realidades diferentes ao que parece. Eu só uso monitor porque o comprei em 2007 e o uso como TV por que tem opcionais pra isso. Não acho que a imagem (seja 720P ou 1080i) fiquem tão deturpadas quanto tu diz. Acho que é parte de um exagero, a menos que tu jogue olhando a cms da tela e cuidando os pixels na tela. Ou, claro, que os monitores que tu esteja usando são mais antigos. Embora eu rode em analógico, a imagem é nítida como no DVI-D do computador, bem diferente do AV, por causa da separação RGB.

Penso que tu já escolheu o xbox 360. Não é uma má escolha, eu gostaria de ter um junto, em especial se os jogos te agradam. Os multiplataformas muitas vezes pendem para ele em qualidade, o que é algo que eu consideraria positivo da caixa sobre o PS3. De ver filmes em BluRay, se você não tem uma tela 1080P que seja grande, muito da graça se perde. Eu assisto em 1080i e só acho chato a tela ser de 22". De mim, vou segurar as 22" assim até conseguir uma Led 1080P com 3D. Quem sabe este ano, quem sabe 2012.

O consumo de 17w é do PS1. Da Sony retirar suporte, me perdoe amigo, mas conheço vários jogadores de PS3 e nenhum deles sente falta de nada do que tá retirado. Havia, até, por causa do Home@Seth uma brecha para baixar jogos e instalar (da PSN) por intermédio desse recurso. A Sony fez o óbvio, cortou as brechas.

A Microsoft certamente faria o mesmo se estivesse nessa situação. Não, a Microsoft fez pior, ela fez BanWave, que baniu e travou consoles que estavam desbloqueados e na Live, mesmo com os jogadores pagando pelo serviço...

RicardoZ disse...

"O Kinect pra mim é proporcional ao 3D no seu ponto de vista."

Discordo, por um lado ambos são, talvez, experimentais, só que o Kinect todo mundo que comprar pode usar, já o 3d demanda as caríssimas TVs 3D. Como nós já conversamos no MSN, a margem de lucro para televisões 3D são astronomicamente maiores que as normais, então vale a pena para Sony criar motivos para as pessoas comprarem, mas não acredito que vá "pegar". Coisa que com o Kinect já aconteceu, se não me engano o Kinect, apesar de lançado depois, vendeu quase o dobro que o Move.

"Eu só uso monitor porque o comprei em 2007"

E a maioria dos meus colegas idem, iam jogar numa TV de tubo de 29, mas no monitor de 19' ou 22' ficava muito melhor, e eles não tem 1200 reais sobrando para comprar uma televisão FullHD de 32'.

Uma questão é que vc falou que do cabo componente da Sony tem muita diferença para um genérico, no meu caso a resolução padrão do LCD também tem uma diferença grande em relação a outra. Isso é uma questão que pode variar de pessoa para pessoa, não dá para afirmar que um cabo genérico vai ter diferença para um original, o genérico pode ser bom. Assim como vc pode ter usado monitores que fazem scaling bem e eu não. Além disso, existem tvs que exibem bem 1080i e existem as que fica uma porcaria, faça um teste com algum player de computador alternado o filtro em vídeos interlaçados.

Não eu não escolhi nenhum, estou pendendo para o lado do PS3 por causa do Bluray (sim a televisão é bem grande, então DVDs geralmente ficam bem ruins), mas tenho só uns 3 amigos que tem o PS3, já o Xbox não tem nem como contar.

"nenhum deles sente falta de nada do que tá retirado", então por que a Sony colocou essas funções!?!?!?!? Se são totalmente inúteis como vc diz, por que ela colocou nos primeiros modelos?

"a Microsoft fez pior, ela fez BanWave, que baniu e travou consoles que estavam desbloqueados e na Live, mesmo com os jogadores pagando pelo serviço" Isso esta no contrato da Live, ela tem todo o direito! (a parte do travou não entendi) "Ah, mas a Sony também tem o direito de remover o OtherOS pq ela diz no contrato que pode eventualmente remover e adicionar funções do PS3". Ok, comprei um carro e removem o ar-condicionado que veio incluso, ele ainda tem a função principal que é andar e todo mundo usa, já o ar-condicionado, por morar num lugar frio, nenhum dos meus amigos usa, então a fabricante pode remover.

RobsonB disse...

Bom, eu irei comprar uma nova tv... não sei se será 3D, mas será grande. Não comprei o Move do mesmo modo que eu não compraria hoje o kinect se eu fosse dono de um x360 pelo fato de que não quero sair do meu sedentarismo de jogador. É a real, eu jogo pra descansar, não pra fazer exercícios, se quisesse isso eu iria pra uma academia ao invés de jogar.

Tenho amigos com projetor FullHD, outros com tvs de led de 40" (3 já) e os demais com LCD, em relação a eles, sou o mais "pobre" em termos de equipamento, já que conto apenas com 22" 1080i/720P. Mas meu monitor é um daqueles que serve como TV, comprei com essa intenção (usar como monitor e TV), então traz na caixa uma série de recursos de aprimoramento gráfico e um áudio suficientemente bom para o tamanho. Meu monitor custa em torno de 600 reais, não considero um preço absurdo, mas foi uma compra pensada com antecedência. Talvez seus amigos estejam optando por preço, simplesmente, e comprando qualquer monitor (hardware) mais em conta, daí esperam que o hardware do console compense o fato de que pegaram uma tela de computador para usar como tv. Já que gosta de analogias, seria o mesmo que comprar pneus de moto (monitor) e querer colocar num carro só porque são pneus e, encaixando de qualquer maneira, esperar que o carro ande normalmente...... não esconde o fato de que é uma gambiarra.

De cabo, varia de aparelho pra aparelho, claro. Usei no monitor os cabos mais bagaceiros do mundo com o dvd mais bagaceiro do mundo e rodou muito bem em 480P. O PS2 e PS3 com componente falham vergonhosamente com o genérico nessa mesma tela.

Claro que rodando em 1080i dá pra perceber o entrelaçamento em cenas com movimentação intensa, não sempre, mas às vezes quando o contraste é muito forte, mas nada que incomode ou atrapalhe o jogo.

Vai saber a razão da Sony ter colocado recursos... pra mim e quem conheço não faz diferença porque não uso esses pacotes do OtherOS. Podiamos chorar o fato de não poder mais ajudar o Seth@Home, mas você deixaria seu console ligado por horas, quem sabe arriscando um YLOD só pra liberar o poder de processamento para a busca de vida extraterrestre?! Vale a pena ter um console de 1000 reais rodando linux quando você pode ter um netbook por menos muito melhor e com mobilidade?! Ok, tem que comprar os dois, mas a questão é, o valor do netbook é tão alto, a mobilidade dele não é um ponto a considerar?! O PS3 é potente, claro, mas não dá pra dizer que o OtherOS seja vital. De usar ele como um PC é um gasto desnecessário (consumo alto demais, manutenção cara).

No caso da MS, os consoles que foram banidos da Live tinham o acesso ao HD bloqueado, daí travavam o uso de jogos piratas do HD.

A sua analogia se refere ao hardware, afinal, o ar-condicionado é um hardware. Se prefere fazer uma analogia desse tipo, vamos mais a fundo, imagine que você comprou um carro que só tem um modelo e ele é cabriolet (conversível), a maioria o comprou porque anda bem, tem uma boa aceleração e uma velocidade máxima final de super esportivo. Por questões de segurança todos esses carros tiveram a opção da capota trocada por uma rígida, quem atualizou seu carro, teve a capota trocada, quem não respondeu (atualizou) manteve sua versão cabriolet, mas perderá em outras coisas. Dá pra criticar o fabricante por isso? A maioria compraria esse carro por ser rápido, embora beberrão, ou ficaria chateado por ser um conversível rápido e pederam o seu apelo? Paralelo a isso, existem modelos conversíveis mais baratos, com menor consumo (vide os netbooks). Resumo, quem comprou por ser conversível, não respondeu, manteve o recurso e perdeu outras novas funcionalidades e atualizações, a pergunta é QUEM ligaria para isso, por melhor que fosse, se a ampla maioria estaria se importando pelo fato de ser esportivo?!

RicardoZ disse...

"Bom, eu irei comprar uma nova tv... não sei se será 3D, mas será grande. Não comprei o Move do mesmo modo que eu não compraria hoje o kinect se eu fosse dono de um x360 pelo fato de que não quero sair do meu sedentarismo de jogador. É a real, eu jogo pra descansar, não pra fazer exercícios, se quisesse isso eu iria pra uma academia ao invés de jogar."

O Move e o Kinect não são para todos, mas o que eu já ouvi aqui de pessoas mais velhas que compraram o Kinect, ou de pessoas que pararam de fazer academia por causa do Wii.

"não esconde o fato de que é uma gambiarra."

Esse é o ponto!!!!!! No PS3 é uma gambiarra, no Xbox é TOTALMENTE suportado, no que na minha opinião é um GRANDE beneficio, a Microsoft oferece um cabo VGA e HDMI opcionais, isso é um diferencial do Xbox. A Microsoft quis dar mais opções
aos usuário, isso é totalmente válido.

"Talvez seus amigos estejam optando por preço, simplesmente, e comprando qualquer monitor (hardware) mais em conta"

É isso que ocorre! E com o Xbox esse monitores funcionam maravilhosamente bem, no PS3 ficam com imagem bem deformada.

"Podiamos chorar o fato de não poder mais ajudar o Seth@Home, mas você deixaria seu console ligado por horas, quem sabe arriscando um YLOD só pra liberar o poder de processamento para a busca de vida extraterrestre?!"

Concordo.

"Vale a pena ter um console de 1000 reais rodando linux quando você pode ter um netbook por menos muito melhor e com mobilidade?!"

Me manda um netbook com leitor e controle remoto de bluray e com capacidade de decodificar vídeo em 1080p e mandar esse sinal para televisão via HDMI mais barato que o PS3.

"No caso da MS, os consoles que foram banidos da Live tinham o acesso ao HD bloqueado, daí travavam o uso de jogos piratas do HD."

Vc podia salvar os jogos normalmente, os jogos rodavam normalmente, ademais no próximo update a Microsoft abilitou de novo (devido a processos judiciais, mas abilitou).

"Dá pra criticar o fabricante por isso?"
Claro, e ainda da para ganhar um processo com muita facilidade.

"A maioria compraria esse carro por ser rápido, embora beberrão, ou ficaria chateado por ser um conversível rápido e pederam o seu apelo?"
Robson vivemos em realidades diferentes, aqui existem dezenas de madames que desfilam com suas Rangers de cabine dupla e nunca levaram nada a não a compra do mercado na caçamba (que poderia ser levada no portamalas de qualquer carro) e muito menos andaram num trecho de terra.

Cara, cada um tem suas necessidades, eu escrevi o artigo imparcialmente, mas pensando nas minhas necessidades. Acho que a maior discordancia é sobre a parte das resoluções, como vc mesmo disse acima, meus amigos compram os piores monitores, ou usam os monitores que vem em pcs "das Casas Bahia", mas nesses monitores o Xbox roda maravilhosamente (a Microsoft querendo ganhar terreno nesse caso, colocou essa opções, mesmo de VGA para monitores bem antigos), muito melhor que numa TV de tubo onde os textos se tornam ilegives (mas isso não é só problema do xbox...). Meu monitor da LG de 19', bem antigos, dos primeiros, fica horrível com qualquer resolução que não seja 1440x900, se setar 720p fica péssimo. Então o fato do Xbox ficar com imagem bonita e o PS3 com uma imagem ruim não é uma vantagem do Xbox, podemos considerar um empate? Acho q não.

PS: Minha escolha foi o PS3, mas não é só por isso que tenho q achar q as desvantagens dele não são desvantagens.

RicardoZ disse...

Dois adendos.

Se a capota fosse trocada, a fixa seria uma gambiarra, já que apareceriam as emendas em relação ao chassi do carro. Por ser uma gambiarra, duvido muito que os compradores aceitariam, choveria processos, logo a fabricante jamais usaria essa solução. Além disso, o carro não ficaria impossibilitado de rodar (que é a função principal de um carro) em ruas e estradas inauguradas depois do recall, coisa que ocorreu com o PS3 em relação aos jogos (função principal de um videogame) e a maioria dos filme em Blu-ray lançados depois. Uma analogia totalmente falha.

Existe uma engraçadissima propaganda da Nissan que faz uma chacota com os carros utilitários utilizados apenas na cidade. Com ela vc pode perceber que em grandes cidades, esses carros não são usados com a finalidade que foram fabricados (ou foram fabricados com essa finalidade mesmo, já que não aguentam uma trilha mais acidentada, nem muito peso na caçamba, mas isso é conversa pra outro lugar...), além disso, como são utilitários podem usar diesel, então o gasto de dinheiro em relação a outros combustíveis...

Um colega comprou um monitor da AOC esse ano, e a única entrada que tinha era a....... VGA, isso mesmo, um monitor LCD cuja única entrada era uma analógia! Xbox rodaria e o PS3 não, e segundo vc isso não é uma vantagem do Xbox?

RicardoZ disse...

VGA no PS3 não de maneira oficial...*

RobsonB disse...

Você pegou o ponto... uma analogia de software com hardware jamais será proporcional.

Seu colega comprou um monitor LCD com uma controladora analógica, sinceramente qualquer pessoa que compre esse tipo de monitor não deve estar exatamente preocupada com nitidez, no mínimo, mas está com foco apenas no custo (e não no Custo x Benefício). Citei meu monitor como custo x benefício, não custa uma fortuna por isso e faz o serviço de maneira excepcional.

Eu disse que enquanto console, o PS3 foi feito para ser usado em televisores. O conceito inicial do PS3 era de ser um centro de entretenimento, a ideia por trás disso é que se tenha uma sala com TV e som pelo menos 5.1c e não um monitor de computador no quarto. Nenhum aparelho feito para TV usa uma entrada VGA, especialmente pelo fato de que você não tem saída de som anexa. Então, mesmo que seu amigo conecte o xbox dele no monitor e funcionasse maravilhosamente bem, ele teria de ter mais um cabo e um aparelho de som (ou caixas com entrava RCA, pelo menos)... eu entendo por TV um dispositivo com áudio e vídeo integrado e a OPÇÃO de mover o áudio para outro dispositivo. O que vier fora disso são telas.........

Aceitar entrada VGA pode ser uma vantagem, sim, SE usar um monitor como tela. Veja bem, usar um monitor como tela, não uma HDTV. A falta disso não é uma gambiarra se se compreender onde se usa o console. Não faz sentido suportar qualquer resolução de saída se as HDTVs operam em 720 ou 1080, tendo estas duas é suficiente, acontece que você quer usar o videogame NÃO numa tv, mas num monitor de computador LCD com entrada VGA e espera que o videogame compense isso por meio de um cabo opcional, ajuste de software, uso de um chip adicional... percebe o que quero dizer?! Não é no console a gambiarra, é a pessoa que está montando isso que está fazendo uma gambiarra, tendo de ligar um som, um monitor de computador com um estabilizador (ou um eliminador de terra se a voltagem for compatível (afinal, monitor bivolt?!)) e 2 cabos pra levar som e vídeo aos seus respectivos dispositivos...

Do Netbook com bluray, citei o fato de ter de comprar a parte se faz tanta questão de ter o Linux...... leitor de BluRay? Se for pra ver filmes no PS3, o BluRay só exibe em 1080P (o console faz downscale, claro), mas rodando abaixo do 1080 você vai perder qualidade/nitidez da imagem... não faz sentido querer um PS3 pra usar como computador, gastando seus 200w (no slim - 290w no fat), mais o consumo da tela e som, se você pode ter um dispositivo móvel com um consumo muito menor para usar como computador. E posso estar errado, mas incorreria do mesmo problema de resolução (nesse caso sim, pertinente, como computador). Por rodar Linux, e agora não mais, isso torna o xbox melhor se ele nunca rodou linux?

De fim, temos opiniões definidas e não vamos ceder ao outro lado. Eu vejo que estou certo no passo de que o videogame foi feito para ser usado em tvs... você entende que o xbox tem a vantagem de rodar em monitores de PC e que o PS3 peca nesse aspecto... são coisas distintas, eu (e meus amigos) acho dispensável ter suporte a monitor, porque você pode comprar algo com custo x benefício que é monitor E hdtv e ter uma imagem ótima, sem gastar 1000 reais ou mais. Você acha melhor ter suporte a monitores, por que daí ao invés de usar um LCD de 600 reais (ou menos até no caso do meu LG M228WA) dá pra usar um TUBO de 19" por 160 reais e mais um aparelho de som que custe lá 100 reais, mais o preço do cabo opcional VGA que não tenho a menor idéia de quanto custa...... vale lembrar que no PS3 tu tem que comprar o cabo a parte, é um custo salgado, mas comprando um cabo BOM é imagem de qualidade garantida!

Vale dizer que eu posso usar meu monitor no PC com DVI-D (100% nítido), posso assistir TV com AV, componente e RF (sim, o formato mais antigo), coisa que um monitor de computador VGA não pode fazer.

Por fim, existem caixas que permitem a conexão componente (ou AV, não me recordo) para monitores VGA, um adaptador que pode ser usado para o caso do PS3, com que qualidade não sei.........

RicardoZ disse...

"Seu colega comprou um monitor LCD com uma controladora analógica, sinceramente qualquer pessoa que compre esse tipo de monitor não deve estar exatamente preocupada com nitidez, no mínimo, mas está com foco apenas no custo (e não no Custo x Benefício). Citei meu monitor como custo x benefício, não custa uma fortuna por isso e faz o serviço de maneira excepcional."

Foi só um exemplo que poderia ocorrer, esse meu colega joga em outro monitor, um de 22' 1680x1050... Te desafio a perceber a diferença de qualidade de uma saida VGA para um HDMI em resoluções iguais... Custo x Benefício... Isso é relativo, vai de cada um, não tem como afirmar assim, se não tem beneficio nenhum pq a fabricante fabrica? Pq as pessoas compram? Pra vc não tem beneficio, mas não adianta pensar apenas na sua situação.

"Nenhum aparelho feito para TV usa uma entrada VGA, especialmente pelo fato de que você não tem saída de som anexa."

Concordo, mas discordo do som, leia sobre S-Video.

"mesmo que seu amigo conecte o xbox dele no monitor e funcionasse maravilhosamente bem, ele teria de ter mais um cabo e um aparelho de som (ou caixas com entrava RCA, pelo menos)"

Ele liga via HDMI no monitor com resolução de 1680x1050, o monitor tem auto falantes. De qualquer maneira, com uma caixa de 10 "reau" e um adaptador de 5 vc ligaria o som, e pagando 300 num monitor de 21,5'. Concordo que seria uma gambiarra, mas no Xbox funcionaria.

"720 ou 1080, tendo estas duas é suficiente"

Até concordo que para sala, na maioria dos casos, seria suficiente, mas o PS3 não tem sempre 1080p, nem i...

"o fato de ter de comprar a parte se faz tanta questão de ter o Linux"

Mas um netbook não faria nada que eu gostaria de fazer com o Linux no PS3, vc realmente entendeu para que o Linux era bom no PS3? Onde eu falei que queria usar o PS3 na função de um computador?

"não faz sentido querer um PS3 pra usar como computador"

Onde eu disse que faria? Nem flash decente tem pra arquitetura PowerPC.

"gastando seus 200w (no slim - 290w no fat)"

Eu te mandei um link acima com os gastos corretos em várias situações. Não é isso não.

"Por rodar Linux, e agora não mais, isso torna o xbox melhor se ele nunca rodou linux?"

Onde eu disse isso? oO

"Other OS, permitia instalar sistemas operacionais da arquitetura PowerPC, ótimo, pois com o Linux dava para usar emuladores, assistir a praticamente qualquer formato de vídeo usando programas otimizados para aproveitar os vários núcleos do Cell. A Sony removeu de todos os Playstations 3 através de uma atualização de firmware, devido a uma possível brecha que permitiria rodar jogos piratas, terceira mancada da Sony;"

Eu não usaria o Linux como computador, ele só tem 256 de RAM, um Smartphone +- já vem com isso... É bom para rodar os formatos que não são compatíveis com o PS3, poder tocar vídeos com mais de 4GB em HDs em ntfs (vem dizer que nunca se deparou com essa limitação do fat32), jogar alguns emuladores...

"Eu vejo que estou certo no passo de que o videogame foi feito para ser usado em tvs"

Concordo, por isso mesmo é um diferencial permitir usar o 360 em monitores bem.

"são coisas distintas, eu (e meus amigos) acho dispensável ter suporte a monitor"

RicardoZ disse...

Sim, cada um tem suas necessidades! Eu me enquadro nessa, não vou jogar no meu monitor de 19', vou preferir a TV da sala. Mas vejo muitos casos de pessoas que jogam em monitores!! Pais que querem os filhos fiquem no quarto, então compram um monitor com HDMI e o videogame! Por que não colocar essa vantagem no artigo?

"Por fim, existem caixas que permitem a conexão componente (ou AV, não me recordo) para monitores VGA, um adaptador que pode ser usado para o caso do PS3, com que qualidade não sei......... "

A qualidade é péssima, uma vez devido as entradas digitais terem queimado do projetor, usamos esse adaptador no PS3, qualidade lixo!!!

Eu citei os pontos, cada um tem que ver o que mais lhe agrada, devem fazer uma leitura critica, tem um colega que migrou do Xbox pro PS3 e depois voltou pro Xbox SÓ por causa da Live!!! (não tem nada de pirataria no meio, ele só usa jogos originais). Por causa da TV grande, prefiro o PS3 pelo Bluray, mas quem joga num monitor (não conheço ninguem que joga em tubo, mas sim telas de 17 até 23' (nesse último fullhd)) o Xbox seria uma melhor escolha. Cada um tem as suas necessidades, se o cara quer jogar numa TV de 26 ou 32', seria útil o Bluray? A diferença de preço entre um DVD e um Bluray (ta baratiando, mas ta caro ainda...) valeria a pena pela diferença de preço?

RicardoZ disse...

Robson, eu entendo o seu ponto, vc joga assim, seus amigos jogam em tvs, mas é como um jogo, nem todos irão passar a fase da mesma maneira. No geral, tirando os geek, as pessoas pouco se importam se esta rodando a 480, 720 ou 1080p (desde que não fiquem as malditas tarjas).

Como já disse, o problema não é o PS3 não ter suporte a Linux, mas sim que ele não ter mais o suporte. Isso vai contra como as coisas funcionam, que é ir adicionando funções em atualizações, não tirar. O suporte a SACD pra mim é inútil, eu não coloquei isso lá, mas linkei a wikipedia, a pessoa percebe isso, o suporte a cartões de memória tbm (apesar de citar o exemplo de visualizar e editar as fotos...), dúvido que 1% usava, na pior das hipóteses comprava um adaptador de 10 "reau", minha critica é um dia ter colocado as funções e depois retirar. No mesmo lugar eu coloquei a ironia do xbox não ter um browser, não suportar redes sem fios... Quanto tiver tempo edito explicando q essas funções na prática eram inúteis.

RobsonB disse...

Meu monitor de 22" roda a 1680x1050 e eu simplesmente não vejo, aqui, aqueles quadrados disformes ao rodar em 720P...

Questão de custo x benefício varia conforme a situação. Nas minhas compras, e em geral levo pelo menos 2 meses antes de efetivamente comprar, eu avalio e pondero não apenas o hoje, mas o potencial. Em 2007 eu usava o AV e tinha uma tv de 14" com PS2 e poderia ter optado por outro monitor LCD mais barato e uma TV de 20" de tubo. Rodando no AV (e no RF, em 480i) a imagem do LCD vai pro brejo, no meu monitor a imagem processada gera um certo desfoque para compensar a esticada, então em relação a TV comum dá um aspecto pior, mesmo ajustando para 4:3. A entrada VGA sofre de algo parecido, mas em menor grau, enquanto que o DVI e o componente geram imagem nítidas em praticamente qualquer resolução. Em todos os computadores com monitor LCD que usavam VGA que trabalhei até hoje, não vi nenhum que gerasse uma imagem nítida de verdade em sua resolução nativa do que a outros monitores usando a DVI-D.

A exemplo do pai que compra um videogame para um filho, se ele está comprando um console que custa 1000 reais, que cada jogo vai de 50 a 200 reais, me parece natural que ele pondere gastar pouco mais de 500 num monitor tv que rode isso. Se o problema for o preço, vamos combinar, ele vai dar um console desbloqueado ao filho e vai cair no xbox, com certeza... se não, é bem provável que o console fosse um PS2.

Não me recordo onde li, tem tempo, mas o público do PS3 estava na faixa dos 25 aos 30 anos justamente pelo seu preço............

Agora, quer citar algo ruim da Sony é o fato do DS3 não dar suporte no PC (salvo por drivers clandestinos) via USB/BlueTooth, mesmo embora o Windows reconheça o controle quando se pluga ele para recarregar a bateria. O controle do xbox com fio funciona 100% no PC........ mais que isso, é o controle oficial da microsoft para seu sistema (bastante óbvio o motivo). O que não se entende é porque a Sony não libera um driver oficial para que se possa usar seu controle sem fio no PC.

Um segundo ponto ruim no PS3, como usuário, é a conectividade limitada sem fio. Embora possua bluetooth, meu celular (com isso ativo) e o PS3 simplesmente não se encontram, o console não exibe a tentativa de conexão do celular, que fica esperando resposta...... isso me chateia, porque seria cômodo transferir imagens e áudio de um pro outro, seja fotos que bati com o celular, seja fotos que movi da câmera pro videogame e que eu queira, por ex, usar de fundo de tela no celular.......

O motivo da Sony tirar o OtherOS foi medo da pirataria (que segurou as pontas por um tempo, mas não pra sempre)... e nunca rodei vídeos com mais de 4GB, sempre que uso o DVX/AVI no console, meus arquivos tem de 700MB a 2GB, dependendo da qualidade e desde que comecei a alugar bluray essa funcionalidade caiu bastante pra mim. Outra função quase inútil, mas que às vezes uso é ouvir música. Uso enquanto estou vendo fotos, se tenho tempo, ou pra habilitar em algum jogo quando há suporte (vide o GT5)......

RicardoZ disse...

Confeso que não entendo vc, nos seus 9 comentários vc diz que não existe diferença de qualidade entre 720p e uma resolução nativa é insignificante, agora vem falar que existe diferença de qualidade perceptivel entre VGA e DVI... sim, existe diferença, se vc tiver uma lupa e ficar reparando no contorno das coisas.

"Meu monitor de 22" roda a 1680x1050 e eu simplesmente não vejo, aqui, aqueles quadrados disformes ao rodar em 720P..."

Robson, componente não tem a mesma qualidade que HDMI, a tv borra um pouco, então é óbvio q vc não vai ver!

"A entrada VGA sofre de algo parecido, mas em menor grau, enquanto que o DVI e o componente geram imagem nítidas em praticamente qualquer resolução."

Componente>VGA?

"Questão de custo x benefício varia conforme a situação"

Exatamente. O que é melhor, ficar usando um monitor de 15" de tubo, ou pegar um de 18,5" com entrada apenas VGA, isso para usar exclusivamente no computador? Na minha opinião não vale a pena pagar mais uns 300 reais para ter a função TV, já que essa pessoa já tem uma TV de 20" no quarto (onde fica o pc).

Agora sobre os defeitos q vc colocou, utilizando seu ponto de vista, é um videogame, então pq deveria ter essas "features"?

Uma coisa chata, é que vc acha que apenas o que seria útil pra vc seria útil pros outros, sim as pessoas assistem a arquivos maiores que 4GB! As pessoas gostam de novidades, o Kinect é uma e as pessoas em geral tem adorado!! EU NÃO JOGARIA SOZINHO, mas no final de semana com os amigos ou a namorada, seria muito legal, já viu um ao vivo, já jogou? (eu já)
E acha que as coisas que vc não usa, ninguem usa, sim, como falei, vou jogar na tv de 52" da sala, mas meus amigos jogam em monitores, no geral usam um Xbox e HDMI, apesar de não ser que nem o seu esses monitores tem caixas de som.

RobsonB disse...

Vamos destacar então que eu baseio minha opinião em relação ao monitor que possuo, um LG M228WA com o opcional TN-300, que roda nativamente em 1680x1050, mas que eu uso como TV no AV e com o cabo componente da Sony o PS3 em 1080i/720P.

Neste monitor o componente (depois da troca do cabo genérico que me dava problemas como piscadas de tela pelo da Sony) gera imagens nítidas, tal como se vê no computador quando usando o DVI-D. Mas algumas vezes precisei usar a VGA, como quando formatei um PC que não tinha DVI ou num período que meu micro de mesa queimou a fonte e usei o notebook. Ambos os casos usei o cabo VGA que veio com o monitor e, embora rodasse em 1680x1050, havia um desfoque grotesco. Vale dizer que eu trabalho com imagens rotineiramente. A questão é que fontes finas, linhas, bordas de objetos em contraste eram perceptívelmente desfocadas. o efeito muito similar ao que você teria ao usar o desfoque gaussiano do PhotoShop em 0,3 ~ 0,4px. Não precisa de uma lupa pra ver algo assim se você estiver, como eu, usando o monitor a 2 anos no DVI, você acostuma o olho com aquela imagem, sabe o que esperar dele...

Neste monitor, em particular, posso te garantir que a entrada componente gera imagens melhores que a VGA.

E em diversos monitores que só possuem entrada VGA que trabalhei por aí (notoriamente o mais barato possível), ficou bastante claro que o LCD não foi feito para ser usado com esse tipo de entrada (e convenhamos, se fosse não teriam criado o DVI).

O fato é que, não sei como, rodando em 720P aqui a imagem é nítida, mas eu perceberia facilmente se num ambiente cheio de quadrados, uma determinada faixa ficasse com proporção diferente. Não digo que isso não acontece, mas algo no monitor reprocessa as imagens ou algo do tipo e na tela você vê como deveria ser, e fora da resolução nativa.

RobsonB disse...

Dos defeitos que citei, bom, melhor que lamentar pelo OtherOS seria se concentrar em algo físico que se pode fazer diretamente pela XMB, como conectar outros dispositivos sem fio ao console. Essa feature (conectar o celular, por ex) seria muito mais útil em número de utilizadores que o OtherOS ou o Seth@Home. Praticamente qualquer celular hoje pode vir com BlueTooth, modelos de preço não muito elevado. A Sony não deve ter implementado isso porque habilitaria o uso de qualquer headset (qualquer MESMO) e tornaria o acesso a controles falsificados maior também...

E de usar no PC, com o 360 você pode usar o controle no PC, o DS3 é reconhecido automaticamente, mas não funciona.

Mas, óbvio, esses recursos (ou a falta deles) não afetam o uso "principal" do PlayStation 3.

Eu não entendo o seu exemplo... supondo que a pessoa tenha uma TV de tubo de 20" _E_ um monitor (do PC) no quarto, na hora de trocar de monitor não considerou o ganho de espaço, o ganho em resolução (afinal, serve de HDTV e os modelos mais novos possuem entrada HDMI padrão junto as demais, coisa que não tinha no meu modelo), a possibilidade de continuar usando tudo que tem (afinal, ele mantem as entradas que a TV tem)... e, meramente por causa de valor, optou por gambiarrar tudo e lamenta que o videogame não dê suporte pra isso... :| isso não é custo x benefício! É olho só no custo... acho que CxB equilibra o quanto custa a mais pelo que te oferece, não?! Nesse caso me parece bastante óbvio que comprar um monitor e "economizar" 300 reais, segurando uma TV de tubo, tendo de dependendo pendurar mais as caixas de som e tudo mais não é exatamente benéfico.

Um Monitor TV deve diferir de um monitor normal não somente pelas entradas (afinal, existe monitor aos montes com som embutido), existem outras diferenças, como xD Engine no meu, por exemplo, se não qual o sentido de citar ele como TV?!

RobsonB disse...

Não é algo que eu avalie "pra mim" e sirva de dogma... é pura lógica. Se você prefere ter um monitor pra segurar dinheiro, então não importa o que o monitor faça a mais pelo recurso de TV, ele vai continuar sendo "só mais caro"...... CxB onde?!

Quem assiste arquivos com mais de 4GB?! Quem talvez fez um BluRay RIP??? Todas as pessoas que eu conheço não passam dos 2GB, na verdade quando muito passam de 1,5GB... e isso porque eu, das vezes que converto algum DVD pra assistir em DVX no Play, seguro o máximo de qualidade e bitrates altos de som e imagem, com interesse apenas em (1) fazer upscale (lendo do DVD ele não faz) e (2) poupar o drive do videogame.

É chato o fato de que eu não uso e que por isso ninguém usa... na realidade eu estou dizendo que eu não uso e conheço (de verdade, mesmo, sem brincadeira) gente que não também usa... não é isolada apenas uma opinião, é uma realidade. A sua realidade é diferente, bacana, mas isso não influi na minha e vice-versa.

Não digo que Kinect/Move não sejam interessantes, só citei que eu (aí é pessoal mesmo) jogo pra descansar e passo longe disso. Meus amigos seguem o mesmo padrão, nada estranho nisso. Não dá pra dizer que o kinect é melhor, mais divertido ou qualquer coisa do tipo só por ser mais inovador... a verdade é que se pensar assim, o Wii deixaria de existir.

Se uma pessoa acha absurdo de caro investir 300 reais em um monitor melhor, pra manter uma TV de tubo e um monitor simples com HDMI e pretende jogar no PS3, o que esta pessoa estaria esperando.... o desbloqueio do PS3?! Por que os jogos variam de 50 a 200 reais cada. Se 300 num hardware é uma fortuna, 200 num lançamento deve beirar o absurdo, não?!? Não é menosprezar, eu compro um jogo a cada 2 meses, parte pelo tempo, mas grande parte pelo custo... tenho minha casa, meus objetivos, não posso queimar $$$ com isso também...... o ponto que quero chegar é que se a pessoa "economizou" 300 no monitor, ela vai bater o olho num xbox desbloq., afinal, um jogo custa 15 reais e o de qualquer amigo que também tiver tá valendo pra copiar, fica mais barato ainda... economia por economia, simplesmente, não importa o que o original possa oferecer a mais, o mais barato vai prevalescer também nesse caso, não parece lógico?!

RicardoZ disse...

Vc me deixou com a pulga atrás da orelha no post anterior (não nesses 3 últimos) e eu coloquei um cabo VGA e um DVI ligados ao mesmo tempo na placa de video e no monitor e fiquei alterando a fonte (coloquei como "clone" as imagens) em várias resoluções, em várias situações, fontes, linhas, circulos, imagens complexas e não consegui encontrar diferença alguma, sério fui olhar pixel por pixel o contorno das letras, simplismente não encontrei. Já tinha visto umas fotos que comparam vga x dvi pixel a pixel, e só existia uma pequena diferença no contorno das fontes que passavam um pouco da cor da fonte ao pixel do lado, aqui nem isso verifiquei. Existem casos e casos, tem que verificar a qualidade do cabo VGA que vc usou e dos computadores que usou. O cabo DVI que usei é DVI-D dual link.

"e convenhamos, se fosse não teriam criado o DVI"

Com certeza DVI é melhor, aqui não achei diferença, mas ela existe, apesar de pequena na maioria dos casos, permite resoluções mais elevadas que o VGA, tem HDCP... Só que é uma porta morta.

"algo no monitor reprocessa as imagens ou algo do tipo e na tela você vê como deveria ser, e fora da resolução nativa"

Isso! Exatamente isso! No meu aqui se eu jogo uma resolução diferença ele só taca na tela tipo uma resolução 2x1 para uma 3x1, ele simplesmente pega o primeiro pixel da resolução 2x1 e coloca nos pixels 1 e 2 da 3x1, e o 2º pixel no 3º, sorte q o driver da nvidia escalona a imagem pra configurada no windows antes de enviar para o monitor nos jogos.

"Dos defeitos que citei, bom, melhor que lamentar pelo OtherOS seria se concentrar em algo físico que se pode fazer diretamente pela XMB, como conectar outros dispositivos sem fio ao console. Essa feature (conectar o celular, por ex) seria muito mais útil em número de utilizadores que o OtherOS ou o Seth@Home. Praticamente qualquer celular hoje pode vir com BlueTooth, modelos de preço não muito elevado. A Sony não deve ter implementado isso porque habilitaria o uso de qualquer headset (qualquer MESMO) e tornaria o acesso a controles falsificados maior também..."

RicardoZ disse...

Concordo em partes, minha reclamação do OtherOS é a Sony retirar uma função que esta no manual do console, concordo que poucas pessoas usavam e que trouxe gastos a Sony (a UNICAMP, a USAF, entre outras compraram só por isso). Mas também acho que poucos usam o bluetooth para passar arquivos (nenhum amigo meu usa, mas isso não tira o mérito da função), é muito lento... ótimo seria se qualquer headset funciona-se, se bem que a lista é bem grandinha...

"E de usar no PC, com o 360 você pode usar o controle no PC, o DS3 é reconhecido automaticamente, mas não funciona."

Além disso o PS3 precisa estar desligado da tomada, se não fica ligando se vc usa o joystick no pc com drivers alternativos, ou tem algum ou jeito?

"Eu não entendo o seu exemplo... supondo que a pessoa tenha uma TV de tubo de 20" _E_ um monitor (do PC) no quarto, na hora de trocar de monitor não considerou o ganho de espaço, o ganho em resolução (afinal, serve de HDTV e os modelos mais novos possuem entrada HDMI padrão junto as demais, coisa que não tinha no meu modelo), a possibilidade de continuar usando tudo que tem (afinal, ele mantem as entradas que a TV tem)... e, meramente por causa de valor, optou por gambiarrar tudo e lamenta que o videogame não dê suporte pra isso..."

"Eu não entendo o seu exemplo... supondo que a pessoa tenha uma TV de tubo de 20" _E_ um monitor (do PC) no quarto, na hora de trocar de monitor não considerou o ganho de espaço, o ganho em resolução (afinal, serve de HDTV e os modelos mais novos possuem entrada HDMI padrão junto as demais, coisa que não tinha no meu modelo), a possibilidade de continuar usando tudo que tem (afinal, ele mantem as entradas que a TV tem)... e, meramente por causa de valor, optou por gambiarrar tudo e lamenta que o videogame não dê suporte pra isso... :| isso não é custo x benefício! É olho só no custo... acho que CxB equilibra o quanto custa a mais pelo que te oferece, não?! Nesse caso me parece bastante óbvio que comprar um monitor e "economizar" 300 reais, segurando uma TV de tubo, tendo de dependendo pendurar mais as caixas de som e tudo mais não é exatamente benéfico."

Mas ai que ta, onde eu disse que ele usaria o Xbox no monitor? eu citei que era vantagem do xbox pq ele poderia usar se quisesse. A questão que o custo-beneficio é relativo, pra ele foi muito mais vantagem gastar 300 num monitor, do que o dobro num que tem mais entradas que ele não usaria, geralmente essa pessoa fica no computador enquanto o filho ou algum da casa assiste a tv. "Serve de HDTV" por ter conversor digital embutido ou por ter alta resolução? Se for por ter definição boa o monitor tbm, com a vantagem do pc tocar qualquer video.

RicardoZ disse...

"Um Monitor TV deve diferir de um monitor normal não somente pelas entradas (afinal, existe monitor aos montes com som embutido), existem outras diferenças, como xD Engine no meu, por exemplo, se não qual o sentido de citar ele como TV?!"

XD engine é uma campanha de marketing, meu monitor tbm tem esses recursos com o nome de f engine, a tv da sala tbm, chama pixelplus.

"Quem assiste arquivos com mais de 4GB?!" (novamente achando que sua opinião é a verdade =/) Eu assisto! E ao contrário do que imagina não é pirataria, uma filmadora de 720p (ainda mais quando as de 1080p ficarem populares), dependendo da duração do vídeo fica com mais de 4GB, sim posso dividir, mas seria muito melhor ficar num único arquivo. Sei q posso gravar em avchd, mas daria bem mais trabalho do que filmar e tocar quase direto...

"mais divertido ou qualquer coisa do tipo só por ser mais inovador"

Com certeza não é mais divertido só por isso, mas assim como o Wii chamou a atenção das pessoas, o Kinect chama agora (o move não tanto, pois é parecido com o Wii), compara as vendas do Xbox com o PS3 e do Move e do Kinect em dezembro q vc vai entender.

"Se uma pessoa acha absurdo de caro investir 300 reais em um monitor melhor" Onde eu disse q ele comprou o monitor pra jogar xbox?!?

"não parece lógico?!"
Séria o óbvio, mas no caso dessa pessoa, como já disse, ela o monitor para o pc.

RicardoZ disse...

Fuçando mais na briga DVI x VGA achei uma regulagem de nitidez que mostra o efeito que vc falou no Photoshop, no entanto ela é independente entre o DVI e o VGA, aqui estava configurado igual, mas se vc ajustar diferente terá a diferença q disse, aqui ajustando igual, as imagens geradas ficam exatamente iguais.

RicardoZ disse...

Um dado interessante já que vc acha que "Tanto o Kinect quanto o Move são coisas que ainda não são tão relevantes. Eu jogo quando estou cansado, conheço uma dezena de amigos que vivem o mesmo dilema e certamente não querem ficar pulando ou mexendo os braços pra jogar. O Move, entretanto, é dito mais sensível que o controle de movimento do Wii."

Apesar de irrelevante segundo a sua opinião, o Kinect esta vendendo que nem água, na Santa Ifigenia em São Paulo o Kinect é vendido por 800 reais. Até fiz uma brincadeira com o cara, "po o importado pela Microsoft custa 600 e vc ta me vendendo mais caro", "vc encontra pra vender o importado pela Microsoft?", e eu "Ehhhh não".

Um colega foi comprar o PS3, dai nós pesquisamos bastante, o move era praticamente dado com um PS3 novo, nas lojas boas não se encontrava o PS3 de 120GB, apenas o de 320GB, a diferença de preço entre as duas versões era de no máximo 200 reais (obviamente em lojas ruins vc acha bem mais barato, mas meu colega optou por comprar numa que anuncia em revistas).

RobsonB disse...

Existem diferenças técnicas entre os monitores. No meu caso, o LG M228WA é ótimo com o DVI-D (da LG), extremamente prático e funcional para rodar em até 1080i/720P (via componente com um cabo bom de verdade, no meu caso, pro videogame, só o da própria Sony que me deu um resultado satisfatório), aceitável com o AV/RF (nesse caso, os 480i somam o entrelaçamento com a pouca resolução e fica gritante na nitidez, mas esperado) e a VGA (cabo do monitor), que gera esse efeito fantasma que tu citou.

O controle DualShock 3 só vai emitir sinal para o console se apertar o botão PS. No caso do PC, eu liguei via USB, mas nunca usei driver alternativos porque rodam no XP e eu só estou usando 7 e Vista no momento (desk e note, respec.).

No caso do CxB do monitor/tv, se a pessoa tem uma TV de 20" no quarto, é porque ela usa....... certo?! As entradas não ficariam desocupadas.

a xD Enfine basicamente aumenta o contraste da tela e nivela o brilho no caso do meu monitor. É um ganho de qualidade perceptível, mas dá pra fazer quase o mesmo direto pelo ajuste da tela.

Realmente, a limitação do tamanho de arquivo, considerando que poderia ter outro formato melhor, é uma mancada grande da Sony. Em especial por propagandear o console como um centro de entretenimento. É fora da minha realidade e das pessoas que conheço, salvo por um ou outro amigo que tem o hábito de filmar.

Pode vender que nem água no deserto, podem estar dando o Move com consoles novos, pra mim não faz diferença... pra colegas meus não tem parecido fazer diferença também....... vai ter que ter mais do que um jogo de esportes e um pet virtual pra fazer esse povo comprar isso. :) (claro, 2011 tá aí, vamos ver como se comporta com KZ3, por ex)

RicardoZ disse...

"VGA (cabo do monitor), que gera esse efeito fantasma que tu citou."

Aqui não gerou, mas é possível (e provavel gerar), coisa que acontece com a componente na TV (mas o cabo que usei era ruim tbm). Para mim VGA > Componente.

"O controle DualShock 3 só vai emitir sinal para o console se apertar o botão PS. No caso do PC, eu liguei via USB, mas nunca usei driver alternativos porque rodam no XP e eu só estou usando 7 e Vista no momento (desk e note, respec.)."

Sabia disso, mas não apertei o botão PS, só conectei na USB. E os drivers alternativos (apesar da gambiarra) rodam no Vista/7.

"No caso do CxB do monitor/tv, se a pessoa tem uma TV de 20" no quarto, é porque ela usa....... certo?! As entradas não ficariam desocupadas."

Ficariam, só a coaxial seria usada se fosse apenas TV, não entendi.

"a xD Enfine basicamente aumenta o contraste da tela e nivela o brilho no caso do meu monitor. É um ganho de qualidade perceptível, mas dá pra fazer quase o mesmo direto pelo ajuste da tela."

Exatamente, a minha faz exatamente isso e chama f-ENGINE.

Estou no aguardo de Killzone 3. Gostou do 2? Achei os gráficos lindos, mas faltou o multiplayer splitscreen.

RobsonB disse...

A TV se usa o RF e o AV, especialmente... aqui uso tudo. =/

KZ3 é um possível jogo pra começar a mexer o Move, dizem que a jogabilidade com o novo controle é interessante. Gosto do 2, tenho aqui em red label (greatest hits).

Só essa semana que comecei a jogar online......

Não testei o DS3 muito bem e não fui tanto atrás disso porque não jogo no PC.

O fato mais interessante é que pouco importa a saída, se o cabo for ruim, cagou tudo igual... mas isso varia de tv pra tv e de equipamento pra equipamento... no caso dos plays, achei bem sensível.

RicardoZ disse...

"KZ3 é um possível jogo pra começar a mexer o Move, dizem que a jogabilidade com o novo controle é interessante. Gosto do 2, tenho aqui em red label (greatest hits)."

Não foi vc q disse: "Pode vender que nem água no deserto, podem estar dando o Move com consoles novos, pra mim não faz diferença..."

FPS é um tipo de jogo que gosto, mas sinto muita falta do mouse. Me acostumei com o multiplayer splitscreen de Halo para jogar com os amigos, então sinto muita falta disso no Killzone 2.

"O fato mais interessante é que pouco importa a saída, se o cabo for ruim, cagou tudo igual... mas isso varia de tv pra tv e de equipamento pra equipamento... no caso dos plays, achei bem sensível."

Essa é a principal vantagem do DVI e HDMI sobre o VGA, não existe perda de qualidade, ou funciona ou não funciona. Ironicamente o PS3 é fresco até com cabo HDMI (segundo relatos, nunca testei) que funcionam bem no xbox e nele não =/

RobsonB disse...

O que tem de errado no que eu disse? Dizem que no KZ3 o Move é interessante, eu acredito que a partir de jogos assim deve alavancar o controle, embora pra mim mesmo não faça muita diferença. Hoje estou mais pensando em comprar um headset, que me é mais importante. :)

Se não houver jogos que usem BEM o Move, vai ser um fail, até pelo fato da idéia não ser muito inovadora. Não digo que não terei um Move algum dia, mas estou longe ainda disso...

Eu compraria um volante pra jogar GT5 antes, um dos bons mesmo. Até porque não curto tanto assim FPS... e a grande sacada do Move é que, dizem, vai ser mais realista pra jogar FPS...

Sobre a frecura do PS3 com cabos, pura verdade. Até funciona com algum cabo mais genérico, mas a perda é visível. Com os componentes comuns aqui gerava fantasma, a tela piscava, era um saco pra jogar, impossível......

RicardoZ disse...

Vendo por esse ponto é verdade, o Move talvez seja realmente bom para FPS, já que ele tem um gatilho bem legal, mas o braço vai pesar de ficar apontando para a televisão por muito tempo...

O que realmente eu acho um saco é ter que comprar o Move e depois o Move Navigator ¬¬

RobsonB disse...

Uma das principais razões de eu esperar pra pegar o Move é o preço. Acho muito caro o "kit" starter dele, mais o navigator para apenas 1 jogador... e vai ter jogos em que se usa 2 moves com o mesmo jogador, aí desaba a casa de vez, com a grana pra fazer isso, eu compraria um volante suportado pelo GT5 com folga.....

Mas sei de alguns amigos que, se proceder do Move pra jogar FPS com precisão, vão comprar com certeza......... viciados mesmo.

RicardoZ disse...

Bom, ao menos por enquanto, a compra do PS3 está suspensa por ter passado na Unicamp e ter que sair de casa.

RicardoZ disse...

Li isso e lembrei desse artigo... http://www.kotaku.com.br/conteudo/john-carmack-diz-720p-pff-quero-1080/