1 de junho de 2010

GD-ROM a mídia ótica do Dreamcast

Mídia virgem GD
O Dreamcast foi um videogame lançado em 1998, que ao contrário do Sega CD, Sega Saturn, Playstation não utilizava CD, mas sim uma mídia desenvolvida pela Sega e Yamaha o GD (Giga Disk). Um CD comporta aproximadamente 650 ou 700 MB, já um GD 1,2 GB.

Era uma tentativa da Sega para conter a pirataria, já que como era uma mídia proprietária não teria gravadores disponíveis no mercado, apenas poucos vendidos aos desenvolvedores e as mídias virgens eram disponibilizadas apenas para eles. No começo a tentativa aparentava estar dando certo, no entanto devido a uma falha de segurança na implementação do formato Mil-CD hackers conseguiram executar jogos gravados em CD-R. A grande diferença de capacidade entre os GD e os CD foi superada pelo hackers piorando a qualidade de vídeos e sons ou, simplesmente, removendo-os.

Gravador de GDs
O GD conta com 3 seções, a primeira é com uma faixa de aproximadamente 35MB em formado de CD que tocava em players de som e dizia que o CD era do Dreamcast, alguns jogos fazem graça até, como é o caso de Skies of Arcadia que diz o seguinte "We can't save the world from a CD player! Put us back in the Dreamcast so we can do our job!". Na primeira seção alguns jogos ainda colocam arquivos bônus na pasta omake, como em Sonic Adventure, Sonic Adventure 2 e Shenmue que tem papéis de parede e artes conceituais. A segunda parte contém o texto (que pode ser lido olhando o CD) "Produced by or under license from SEGA Enterprises LTD Trademark SEGA". A terceira com capacidade de 1.2 GB é a parte de alta densidade onde fica o jogo, o desenvolvedor tem a liberdade de alocar os arquivos como quiser, tanto que alguns jogos como ChuChu Rocket, Ready 2 Rumble  e Quake 3 Arena colocam as faixas de áudio em formato CDDA em vez de usar áudio compactado no formato ADX economizando espaço.

Agora você pode estar se perguntando como os hackers faziam para ler o conteúdo dos GDs, já que eram apenas lidos no Dreamcast. Existe duas maneiras, uma é usando o próprio Dreamcast ligado ao computador seja pelo adaptador de rede, seja pela porta serial. A outra maneira consiste em usar um drive da Yamaha que devido a um bug de firmware consegue ler ou uma técnica complicada de swap de discos e modificação em drivers.

Lente de um GD
Como um leitor de CD com alguns truques consegue ler a área de alta densidade, surgiram 2 teorias, uma que a correção de erros é mínima nessa área, tornando o disco bem frágil. Outra é que os pits simplesmente foram colocados mais perto uns dos outros (se não souber o que são pits recomendo essa leitura). O GD usa velocidade angular constante (CAV), ou seja, ele mantem o mesma quantidade de rotações durante toda a leitura do disco, assim quanto mais perto da parte de fora do disco, mais rápido a leitura, já que com um giro do disco o laser percorre uma área maior.

Diversas máquinas arcade desenvolvidas pela Sega usam o GD como mídia, como a NAOMI, NAOMI 2, a Triforce que foi desenvolvida pela Sega, Nintendo e Namco e era baseada no hardware do Game Cube e a Chihiro que era baseada no hardware do primeiro Xbox.

Existe um port do NetBSD para rodar no Dreamcast, esse port conta com um driver para o drive de GD do Dreamcast, foi portado para o Linux, mas devido a estabilidade um novo drive foi escrito e adicionado na versão 2.6.25 do Kernel.

Algumas imagens foram retiradas da Wikipédia e desse site.

6 comentários:

Rodolfo disse...

Bem interessante

Tive um DreamCast, pra mim o GD era o disco todo e aquela marca da Sega atrás era só um jeito do DC ver que o disco era original.

pelo jeito vc teve que pesquisar bastante, pela quantidade de links q vc colocou, obrigado

Anônimo disse...

interessante, vc escreve sobre vários assuntos, geralmente são bons curiosidades sobre tecnologia

jaime bini rocha disse...

Muito bacana a matéria, parabéns!

Ricardo disse...

Obrigado!

Marcos Barreto Mendonça disse...

a um tempo atrás vi uns caras com uma técnica de organizar os arquivos do game e conseguir gravar uma iso da mesma forma como era gravado o gd rom ate visualmente ficando parecido segundo eles fica igual e roda perfeitamente sem o game fazer barulhos como costuma fazer com discos piratas e com loadings velozes

Ricardo disse...

Se você tiver o link por favor me mande...